Primeiro apartamento: guia completo para quem vai comprar o primeiro imóvel

8 Dicas essenciais para proprietários de primeira viagem

a7-primeiro-imovel
Compra de imóvel Publicado em 25/08/2017

Realizar o sonho da casa própria é uma decisão importante e que só é tomada uma ou poucas vezes na vida. Boa parte das pessoas ficam inseguras na hora de lidar com o corretor, a papelada, escolha definitiva e fechar o negócio. Pensando nisso, trouxemos esse guia completo para quem está deixando de ser inquilino para se tornar proprietário.

a7-primeiro-imovel-2

Antes de decidir por um imóvel, é fundamental planejar muito bem a compra para que o sonho caiba no orçamento. Comprar uma residência é um investimento alto e que necessita de muito planejamento. Confira alguns cuidados a serem tomados para que a compra do primeiro imóvel seja uma tarefa fácil:

1. Formas de pagamento

a7-primeiro-imovel-3

Faça simulações e cálculo em cima de cálculo em bancos e outras administradoras financeiras antes de fechar um consórcio ou financiamento. Tenha em mente que a saúde financeira pessoal é essencial e que não compensa se comprometer com parcelas maiores do que você pode bancar ao longo do tempo – lembre-se que os planos de créditos imobiliários duram anos, até décadas, e por isso é essencial ter consciência na hora da escolha. Analise todas as taxas e calcule o quanto irá custar no seu bolso.

O financiamento costuma ser mais rápido no que diz respeito à “entrega das chaves”, mas acaba custando bem mais caro (de 2 a 3 vezes o valor inicial) devido à incidência de juros. Já no consórcio, o recebimento do crédito acontece apenas após a contemplação, mas como não há cobrança de juros, o valor efetivo total é bem menor que em um financiamento. Portanto, pesquise e estude bem todas as condições e escolha aquela que é melhor para você.

2. Encontre um imóvel compatível com a sua renda

a7-primeiro-imovel-4

Avalie o impacto que o valor do imóvel – total, de entrada e parcelas – terá em sua vida financeira. Coloque na balança outros valores incluídos no seu novo lar, como o condomínio no caso de apartamentos ou condomínio fechado de casas, ou gastos com jardim e piscina.

Assim, você saberá o quanto vai custar morar no imóvel pretendido e se ele é compatível com a sua renda e estilo de vida.

Também é importante analisar o mercado imobiliário, para entender melhor o que influencia no valor do imóvel. Assim, você consegue descobrir qual o padrão de residência mais indicado para você e seu bolso.

3. Defina as características do imóvel

a7-primeiro-imovel-5

Seu sonho é uma cozinha americana, uma suíte e um espaço para closet? Anote todas as características que você espera no seu imóvel. Pense também em qual cenário deseja para o seu futuro. Por exemplo, se deseja ter filho não adianta comprar um apartamento de 1 quarto ou um studio. Vale a pena lembrar que assim que o imóvel for seu, você também pode reformar para conquistar o que deseja.

4. Guarde dinheiro para documentação e impostos

a7-primeiro-imovel-6

Um erro bastante comum dos futuros compradores é de desconsiderar o quanto será gasto em taxas e impostos assim que adquirir o imóvel. Então não se esqueça de checar o valor que vai ser gasto. Além disso, existe o ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), que varia de município para município. A alíquota média no país é de 2% do valor do imóvel.

Veja todos os custos em nosso outro artigo sobre impostos e gastos relativos a compra do imóvel

5. Verifique se o imóvel possui dívidas

a7-primeiro-imovel-7

Recomendamos que você realize uma auditoria no imóvel desejado para fugir de riscos. Verifique se a sua futura casa possui algum tipo de dívida, como IPTU ou condomínio de anos anteriores não pagos.

Para verificar a situação do condomínio, você pode conversar com a administradora do imóvel. Ela vai poder indicar a você se existem boletos não pagos ou se a situação está regularizada. Já o IPTU, você pode verificar se há débitos pendentes direto em postos de atendimento da prefeitura, e no caso de algumas cidades, diretamente na internet.

6. Visite o imóvel em outros horários

a7-primeiro-imovel-8

Normalmente, as pessoas visitam os imóveis nos horários livres, especialmente aos sábados. Contudo, durante este horário a cidade é muito diferente – mais silenciosa e menos trânsito. Por isso, é importante visitar a casa em horários e dias diferentes para entender se a região vai atender às suas necessidades.

Confira o 5° passo do post 8 passos para comprar a casa própria para saber que outras coisas são importantes observar nos imóveis visitados.

7. Questione, questione e questione

Antes de comprar um imóvel é necessário possuir uma postura questionadora. Este é um investimento de alto valor, não há nenhum problema em tirar todas as suas dúvidas.

8. Imóvel na planta x pronto

a7-primeiro-imovel-9

Comprar imóvel é uma questão urgente para você ou é para um futuro e pode esperar? Se você pretende ter o seu novo lar em curto espaço de tempo, o ideal é comprar um imóvel usado ou uma unidade que já está a “pronta entrega”.

Contudo, se você está planejando esta compra com bastante antecedência, um imóvel na planta pode ser perfeito para você. Normalmente, estes tipos oferecem prazos longos e preços mais em conta.

Confira também: Comprar imóvel na planta: vale ou não a pena?

Documentos para a compra de imóveis

Com a proposta de compra preenchida e os documentos entregues, o seu perfil passa por uma análise de crédito para verificar se o seu nome tem restrições cadastrais e condições de comprar um imóvel naquele valor. Depois que a análise é feita e aprovada, toda documentação é utilizada para elaborar o contrato de compra – com forma de pagamento, descrição do imóvel, metragem, planta e memorial descritivo. Contudo, ainda não é o fim. É preciso verificar se o vendedor e o imóvel são alvos de alguma ação que possa parar a venda. Se o vendedor possuir dívidas, por exemplo, deve comprovar que tem patrimônio o suficiente para cobri-las caso seja necessário.

Documentação do imóvel

– Matrícula atualizada: solicite no cartório de registro de imóveis uma matrícula atualizada com uma certidão de ônus reais. Este documento verifica se o imóvel não está sendo afetado por alguma ação, além de trazer o histórico completo da residência, incluindo alterações no terreno e alienações passadas.

– Certidão de situação fiscal/IPTU: obtida na prefeitura, este documento mostra se o imóvel tem dívidas municipais. Em algumas cidades, a certidão pode ser emitida diretamente pela internet.

– Declaração de inexistência de débitos condominiais: em caso de imóveis que fazem parte de um condomínio, é necessário solicitar este documento para o síndico ou administradora do local.

Imóveis em inventários

Por último, os imóveis deixados de herança para alguém precisam de autorização especial para serem vendidos. Os documentos são:

– Em caso de um herdeiro menor de idade, é necessário autorização de venda pelo Ministério Público.

– Cópia autenticada do atestado de óbito.

– Cópia autenticada do formal da partilha, documento que consta o imóvel e os herdeiros.

– Certidão negativa vintenária de ônus reais.

Gostou do nosso Guia para compradores iniciantes? Deixe nos comentários o que achou e confira mais dicas sobre imóveis e investimentos acessando nosso blog.

Logo A7 Consórcios Azul Escuro
sobre o autor
A7 Consórcios

Comentários