Investir em terrenos é um bom negócio?

Procurando um investimento novo? Será que a compra de terrenos é uma boa opção? Saiba mais:

investir-em-terrenos-e-um-bom-negocio
Sem categoria Publicado em 14/02/2019

Na hora de pensar em uma modalidade de investimento é comum ficar em dúvida de qual escolher. O mercado imobiliário já é um velho conhecido de quem procura rentabilidade com segurança. Nesta área, a compra de terrenos tem crescido cada vez mais por conta do baixo custo para o investimento inicial e manutenção.

Motivos para investir em terrenos

investir-em-terrenos-a7-2

Se você está pensando se investir em terrenos é um bom negócio, separamos alguns motivos para fazer você considerar este tipo de investimento.

  1. Boa valorização

Normalmente, os terrenos costumam ter maior taxa de valorização do que as casas e apartamentos, especialmente se o lote estiver em uma região com potencial de crescimento. Por isso, é fundamental avaliar a área em que você deseja investir.

Boas regiões para investir costumam ser as perto de transporte público, de vias principais de fácil acesso, faculdades, parques, agências bancárias e comércio no geral.

Uma boa ideia é você consultar o plano diretor da cidade onde pretende comprar o terreno, lá mostra onde a prefeitura pretende investir nos próximos anos, regiões com tendência a crescer e valorizar.

Outra boa ideia é comprar perto de onde você mora, uma vez que você já conhece a região, e pode mostrar o terreno na hora da venda ou mesmo se deslocar mais facilmente caso precise resolver algum problema.

  1. Flexibilidade

A compra de um terreno abre um bom leque para oportunidades, como construir um imóvel para morar, alugar ou vender ou então esperar pela valorização do lote e o revender por um preço maior do que comprou e obter uma boa margem de lucro.

  1. Personalização

Quem compra um terreno para construir o seu próprio imóvel tem a vantagem de personalizá-lo do jeito que deseja do zero. Pode construir um lote de sobrados, salas comerciais ou o que você julgar que dará um maior retorno naquela área.

  1. Segurança

O investimento imobiliário é uma das modalidades mais tradicionais do mercado. Isso porque sempre tem alguém procurando por um imóvel, ele é um bem durável e não perde valor ao longo dos anos se bem cuidado e bem escolhido. Além disso, a documentação do lote garante os direitos ao proprietário, vira patrimônio e também serve como herança para os filhos.

  1. Economia

Comprar um terreno é, na maioria das vezes, mais barato do que adquirir um imóvel pronto. Ou seja, é o investimento ideal para quem não tem um grande capital para iniciar o rendimento. Além disso todos os impostos e burocracias que envolvem a compra de um lote costumam ser mais em conta do que a de uma casa ou apartamento.

  1. Rentabilidade e liquidez

A aquisição de um terreno é considerada um dos melhores investimentos no mercado imobiliário por conta da alta taxa de rentabilidade. Como já mencionamos, o investimento é mais em conta e a valorização só tende a aumentar ao longo do tempo. Um lote também é muito mais fácil de vender do que outros tipos de bens, o que garante maior liquidez que um imóvel pronto, por exemplo. Claro que, como dito anteriormente, é muito importante saber escolher bem o terreno e a localização.

Como investir em terrenos?

Ficou interessado em investir em algum terreno? O primeiro passo para realizar este desejo é o de analisar as suas finanças e entender o quanto você tem disponível para investir neste projeto. Depois, procure pela modalidade de pagamento que melhor se encaixa em seus objetivos, são elas:

  1. À vista

Se você tem o valor para comprar o terreno à vista, esse com certeza pode ser um excelente investimento. Alguns cuidados, no entanto, precisam ser tomados: tenha sempre uma reserva de emergência e nunca comprometa todas as suas economias “congelando-as” em um terreno. Apesar das diversas vantagens que citamos e da liquidez maior do que um imóvel pronto, você ainda depende de conseguir efetivar a venda caso precise do dinheiro para algum imprevisto ou emergência. Por isso nunca comprometa todo o seu capital em um único investimento e sempre separe um valor para a reserva de emergência.

Além disso, tenha bastante atenção na hora da compra. Lembre-se que a ideia é realizar um investimento e, portanto, a escolha precisa ser fria e racional, sem perder o foco desse objetivo. Na escolha, siga as dicas que vamos dar mais a seguir para fazer o melhor negócio.

  1. Financiamento bancário

Para a compra do terreno não é permitido o uso do saldo do FGTS. O benefício só pode ser utilizado para a construção em um terreno próprio ou então a aquisição de um terreno que já esteja em construção (imóvel na planta).

Como o uso do FGTS é proibido, o lote só pode ser financiado com recursos do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) ou dos bancos.

Quando a instituição financeira prefere a primeira opção, como é o caso da Caixa Econômica Federal, as regras do financiamento são bem parecidas com o imobiliário tradicional. Isso significa que há toda a burocracia, limite de valor de acordo com a renda do cliente, cobrança de juros e aquisição imediata do bem com a aprovação do cadastro.

No caso de recursos do bancos, os juros são mais elevados ainda. Contudo, o limite do valor para a compra do terreno costuma ser um pouco maior. Nesta opção, quanto melhor for a sua relação com a instituição bancária, melhor será a negociação.

  1. Consórcio

Na prática, o consórcio para terreno segue as mesmas regras do imobiliário. Ou seja, você entra em um grupo, paga as mensalidades durante o tempo de contrato e aguarda a contemplação para retirar o crédito e poder adquirir o que deseja à vista. Lembrando que a contemplação é feita todo mês por meio de sorteios e ou lances.

Entre os principais benefícios do consórcio podemos destacar: não cobrança de taxa de juros, sem necessidade de valor de entrada, sem burocracia e parcelas mais baixas. Por outro lado, para adquirir o seu lote é necessário ser contemplado com a carta de crédito e isso pode demorar um pouco. É a opção ideal se você quer investir, uma vez que o intuito é gastar pouco e não há pressa, já que o objetivo não é morar. Se você não possui o valor para comprar à vista e não consegue poupar sagradamente todo mês sem ter um estímulo externo que o ajude com isso, o consórcio é com certeza a opção ideal para você.

5 cuidados antes de investir em terrenos

investir-em-terrenos-a7-3

Comprar um terreno pode ser um excelente negócio. Mas para garantir o sucesso do investimento, é necessário tomar alguns cuidados antes de fechar o contrato, como:

  1. Pesquise

Antes de escolher qual terreno comprar, pesquise bastante sobre a sua região. Verifique como é o acesso ao local, a sua infraestrutura (comércio e serviços próximos) e, principalmente, qual é o valor médio dos lotes parecidos da área.

  1. Visite o local

Uma foto bem tirada pode lhe enganar. Por isso, antes de fechar o contrato é interessante visitar o terreno que está interessado. Confira se o que foi anunciado é realmente verdade e verifique se há algum desnível que não tinha sido relatado.

  1. Estude a documentação

Os preços e a localização estão ok? Então, o próximo passo é verificar se toda a documentação do terreno está correta. Vá até a prefeitura de sua cidade e confirme que o lote está regular. Também busque por certidões tributárias para verificar se não há nenhuma dívida pendente.

Em um cartório de imóveis, solicite a certidão negativa de ônus e alienação para se certificar que não há pendências e nem restrições. Por último, tire a matrícula atualizada para conferir registro, nome do proprietário atual e medidas do terreno.

  1. Verifique as características do terreno

Além das medidas, algumas outras características influenciam diretamente na valorização do terreno. Entre elas, temos:

– Topografia: mostra se há algum aclive ou declive na área. Se existir, os custos para nivelá-lo podem ser consideravelmente altos;

– Dimensões do terreno: forma que o lote é dividido. Em alguns casos, como espaços alongados e angulares, a construção de um imóvel padrão pode ser bastante trabalhosa;

– Condições climáticas: peça ajuda a especialistas para entender como o terreno fica sob exposição de sol, vento e chuva. Infelizmente, é comum encontrarmos histórias de desabamentos no Brasil.

– Verifique se ele tem fundo de vale, onde passam as águas fluviais. Isso porque a prefeitura não permite a construção naquela parte do terreno, pois é necessário ter a absorção da água da chuva, caso contrário pode representar alagamentos para você e os vizinhos que moram naquela região. Isso não necessariamente é um problema, mas é importante você ficar atento pois isso pode alterar o projeto que você havia previsto inicialmente, principalmente se o intuito era construir em cima daquele terreno.

Ficou convencido que investir em terrenos é um bom negócio? Então, não perca tempo e entre em contato com os especialistas da A7 Consórcios para encontrar o plano que melhor se encaixa em seus objetivos.

Logo A7 Consórcios Azul Escuro
sobre o autor
A7 Consórcios

Comentários