Melhores cidades do Brasil para morar

Já parou para pensar qual município brasileiro tem a melhor qualidade de vida? Confira nossa lista.

melhores-cidades-do-brasil-para-morar
Compra de imóvel Publicado em 31/05/2018

Todo mundo está em busca de uma melhor qualidade de vida, e o local onde você mora tem um grande impacto nesse desejo. Pensando em trazer as melhores informações para você, separamos dois estudos diferentes sobre quais são os melhores municípios brasileiros. Enquanto o do Macroplan foi realizado em 2017 e leva em conta fatores como: educação e cultura, saúde, saneamento e sustentabilidade e segurança. O da ONU foi feito em 2016 e analisa o IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de cada uma das regiões.

Conheça agora as melhores cidades do Brasil para morar – desde capitais até outros municípios menores – e comece a fazer as malas.

De acordo com a Macroplan

Uma pesquisa realizada pela Macroplan, analisou as condições das cidades do Brasil com mais de 266 mil habitantes. A Macroplan é uma das empresas de consultoria mais respeitadas do país. Entre o seu catálogo de cliente, podemos encontrar diversos Governos Estaduais, Petrobras e Ministérios. Por conta do seu forte nome no mercado, a pesquisa realizada pela empresa foi divulgado em diversos veículos de imprensa, como Revista Exame, InfoMoney e Época Negócios.

Para o estudo, foram examinados 16 indicadores divididos em quatro setores distintos, sendo eles:

  1. Educação e cultura;
  2. Saneamento e sustentabilidade;
  3. Saúde;
  4. Segurança.

A partir dos resultados coletados, a Macroplan foi capaz de elaborar um ranking com os melhores municípios brasileiros para se viver. Os pesos dos indicadores foram divididos da seguinte maneira: 35,3% para educação e cultura, 35,3% para saúde, 20,6% para saneamento e sustentabilidade e 8,8% para segurança. Por fim, o ranking foi formado por um índice que vai de 0 a 1, sendo que quanto mais perto de 1, melhor é a condição de vida no local.

Quais índices foram levados em conta?

melhores-cidades-do-brasil-para-morar

Para pontuar adequadamente cada um dos municípios, a Macroplan analisou os seguintes fatores:

  1. Educação e Cultura
  • Número de matrículas em creches sobre o total de crianças de 0 a 3 anos de idade;
  • Número de matrículas na pré-escola sobre o total de crianças de 4 e 5 anos de idade;
  • IDEB Ensino Fundamental I;
  • IDEB Ensino Fundamental II;
  • Quantidade de museus por 100 mil habitantes.

 

  1. Saneamento e Sustentabilidade
  • Índice de esgoto tratado (% do volume de água consumida);
  • Índice de perdas na distribuição (% do volume de água consumida);
  • Índice de atendimento de água (% da população);
  • Taxa de cobertura de coleta de resíduos domiciliares (% da população);
  • Índice de atendimento de esgoto (% da população atendida com água).

 

  1. Saúde
  • Taxa de mortalidade prematura por doenças crônicas não transmissíveis (por 100.000 habitantes de 30 a 69 anos);
  • Proporção de nascidos vivos de mães com 7 ou mais consultas de pré-natal;
  • Cobertura das equipes de atenção básica (% da população);
  • Taxa de Mortalidade Infantil (por mil nascidos vivos).

 

  1. Segurança
  • Taxa de homicídios (por 100.000 habitantes);
  • Taxa de óbitos no trânsito.

 

Melhores cidades para morar – Ranking da Macroplan

Depois de analisar todos os dados e índices, a Macroplan conclui que as 20 melhores cidades do Brasil para se morar são:

tabela-melhores-cidades-do-brasil-para-morar-macroplan

Melhores cidades para morar – Ranking ONU

A ONU (Organização das Nações Unidas) também divulgou uma lista com as melhores cidades do Brasil para se morar. Diferente da Macroplan que criou os seus próprios indicadores, a Organização das Nações Unidas levou em consideração os municípios com o melhor IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal).

O indicador do IDHM varia entre 0 a 1, sendo que quanto mais próximo de 1, melhor. A média brasileira do índice é de 0,727 (considerado alto, mas não muito). Apesar de não medir exatamente a qualidade de vida, a taxa leva em conta os índices de educação, expectativa e renda. Conheça as 10 melhores cidades do Brasil, de acordo com a ONU.

  1. São Caetano do Sul (SP) – IDHM 0,862
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-1

O primeiro lugar da lista é a cidade de São Caetano do Sul, uma região com cerca de 150 mil habitantes. O alto investimento em educação (35% do orçamento total), confere ao município o título de livre do analfabetismo e cidade líder em escolaridade.

Os idosos também são alvos das preocupações da prefeitura, que oferece recreação, tratamentos de saúde e universidade gratuita para a 3ª idade. A cidade ainda é a que têm maior renda per capita e expectativa de vida.

  • IDHM Educação – 0,811;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,887 (78,2 anos);
  • IDHM Renda – 0,891 (R$ 2.043,74).

 

  1. Águas de São Pedro (SP) – IDHM 0,854
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-2

O segundo município da lista também é do estado de São Paulo. Com apenas 3 mil moradores e um forte investimento na área do turismo, a região tem um índice extremamente baixo (perto de zero) de poluição e violência. Para se ter uma ideia da segurança do local, desde 2001 não é registrado um homicídio no município. Em 2017, as únicas ocorrências registradas pela polícia foram de lesão corporal (10 no total) e furtos (25 no total, sendo 4 de veículos).

Outro fator que melhora a qualidade de vida do município é a grande variedade de parques, locais para cuidados com a saúde e ambientes de lazer. Não é a toa que Águas de São Pedro é considerada a cidade saúde.

  • IDHM Educação – 0,825;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,890 (78,37 anos);
  • IDHM Renda – 0,849 (R$ 1.580,72).

 

  1. Florianópolis (SC) – IDHM 0,847
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-3

A primeira capital da lista é conhecida pelas suas maravilhosas praias e prédios ultramodernos. Com uma economia baseada em comércio e serviços, em especial na alta temporada por conta do turismo.

  • IDHM Educação – 0,800;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,873 (77,35 anos);
  • IDHM Renda – 0,870 (R$ 1.798,12).

 

  1. Vitória (ES) – IDHM 0,845
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-4

A capital do Espírito Santo é a quarta da lista e a terceira cidade mais antiga do Brasil. Com um pouco mais de 350 mil habitantes, a ilha é bastante conhecida pelas suas belezas naturais e praias. Mas além disso, o município é considerado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon a 9ª melhor cidade para se envelhecer no Brasil. Vitória também apresenta o melhor índice de bem-estar humano entre as capitais brasileiras e possui 7 dos 20 melhores bairros de todo o país.

  • IDHM Educação – 0,805;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,855 (76,28 anos);
  • IDHM Renda – 0,876 (R$ 1.866,58).

 

  1. Balneário Camboriú (SC) – IDHM 0,845
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-5

O famoso Balneário Camboriú também faz parte da lista da ONU. A segunda cidade catarinense com o melhor IDHM é mais conhecida pelas suas belezas naturais e praias de águas mornas e límpidas. Contudo, além de sua natureza, o município também ganhou o apelido de “Dubai Brasileira” por conta do seu alto número de arranha-céus e turistas.

  • IDHM Educação – 0,789;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,894 (78,62 anos);
  • IDHM Renda – 0,854 (R$ 1.625,59).

 

  1. Santos (SP) – IDHM 0,840
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-6

A maior cidade do litoral paulista também é a sexta da lista das melhores cidades para se morar. Além de abrigar locais importantes, como o Museu da Pesca, o Aquário Municipal, o Museu do Café e Orquidário, o município também é lar para o maior complexo portuário da América Latina. Outro fato interessante sobre Santos é a sua participação no Guinness Book com o maior jardim de praia do mundo, com cerca de 5.300 metros de extensão.

  • IDHM Educação – 0,807;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,852 (76,13 anos);
  • IDHM Renda – 0,861 (R$ 1.693,65).

 

  1. Niterói (RJ) – IDHM 0,837
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-7

Colada com a cidade do Rio de Janeiro, Niterói chega em 7ª na lista da ONU. E o seu posto não é para menos, já que o município é um dos principais centros financeiros, comerciais e industriais do estado. Além disso, a região ocupa a 12ª posição entre as 100 melhores cidades brasileiras para se fazer negócio. Segundo estudos da FGV (Fundação Getúlio Vargas), Niterói tem a população mais rica do país e apresenta o menor índice de pobreza em todo o território nacional.

  • IDHM Educação – 0,773;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,854 (76,23 anos);
  • IDHM Renda – 0,887 (R$ 2.000,29).

 

  1. Joaçaba (SC) – IDHM 0,827
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-8

A 600 metros acima do nível do mar, com as quatro estações bem definidas e mais de 184 espécies de aves nativas, Joaçaba é movida pela indústria metalúrgica, madeira e alimentícia. Além da tradicional Carnafolia (festa de carnaval que atrai turistas) e dos festivais de dança internacional, o município também recebe grandes eventos de esporte e campeonatos automobilísticos.

  • IDHM Educação – 0,771;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,891 (78,44 anos);
  • IDHM Renda – 0,823 (R$1.338,50).

 

  1. Brasília (DF) – IDHM 0,824
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-9

Com o maior PIB (Produto Interno Bruto) per capita em relação a todas as capitais do país, Brasília não tinha como ficar de fora do TOP 10 da lista. Para se ter uma ideia, o PIB do município é o 4ª maior entre as principais cidades da América Latina e cerca de 3 vezes maior do que a renda média nacional. Como capital nacional, a região abriga a sede dos três poderes da República (Executivo, Legislativo e Judiciário) e 127 embaixadas estrangeiras.

  • IDHM Educação – 0,742;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,873 (77,35 anos);
  • IDHM Renda – 0,863 (R$1.715,11).

 

  1. Curitiba (PR) – IDHM 0,823
melhores-cidades-do-brasil-para-morar-10

Conhecida como “capital ecológica do Brasil”, Curitiba possui cerca de 64,5 m² de área verde por habitante. Além da questão ambiental, a cidade também é famosa pelo seu transporte público integrado e elevada posição nos indicadores de educação. Entre todas as capitais do país, Curitiba é a com a melhor qualidade na educação básica e com a menor taxa de analfabetismo.

  • IDHM Educação – 0,768;
  • IDHM Expectativa de vida – 0,855 (76,30 anos);
  • IDHM Renda – 0,850 (R$1.581,04).

 

Como me mudar para essas cidades?

Agora que você conhece as melhores cidades do Brasil para morar, deu vontade de se mudar? Separamos algumas dicas de como fazer essa mudança de maneira segura e planejada.

  1. Pesquise sobre a cidade

Nem sempre é possível conhecer o local antes de se mudar. Por isso, use a facilidade da internet para pesquisar informações sobre a cidade em que pretende morar. Além dos indicadores que apresentamos acima, também é interessante saber como é a mobilidade, quais são os melhores bairros, se há os locais de lazer que você está acostumado (parque, cinema, teatro) e mais.

  1. Tenha um objetivo

É importante ter um objetivo traçado ao tomar a decisão de mudar radicalmente a sua rotina. O que você está buscando nessa nova cidade? Oportunidade de trabalho? Melhor qualidade de vida para os seus filhos? Está indo estudar? Definir a meta da mudança vai lhe ajudar a lidar melhor com o seu novo mundo e todos os benefícios e dificuldades que vem com ele.

  1. Pense na moradia

Antes de se mudar, o ideal é que você já tenha uma moradia em mente. Uma boa forma de garantir o seu lar de maneira planejada e mais econômica é com o consórcio de imóveis. Com ele, é possível começar a pagar as prestações antes da mudança acontecer e ainda ter tempo hábil para pensar em todos os passos antes de iniciar a sua nova vida.

Entre as suas principais vantagens, estão: menor valor das parcelas, sem cobrança de taxa de juros, sem necessidade de pagar entrada e zero burocracia. Para entender um pouco mais, confira tudo o que você precisa saber sobre o consórcio em nosso guia completo sobre o assunto.

Apesar de serem um pouco divergentes, as duas listas devem ser levadas em conta por quem está buscando se mudar para algum lugar com melhor qualidade de vida. Você acha que ficou faltando algum município no catálogo das melhores cidades do Brasil para morar? Já vive em alguma delas? Conte para a gente nos comentários e não se esqueça de conferir mais dicas em nosso blog.

Logo A7 Consórcios Azul Escuro
sobre o autor
A7 Consórcios

Comentários