Orçamento para casamento: como calcular os gastos da sua festa

Confira tudo o que você precisa saber para se planejar bem!

orcamento-para-casamento-a7-consorcios

Você e seu amor resolvem se casar e comemorar com uma festa com todos os seus amigos e família. Como calcular os gastos desta celebração? Para você não pagar mais do que pode neste dia tão especial, resolvemos fazer um artigo mostrando a importância de um orçamento para casamento.

São muitos os itens necessários para fazer uma comemoração acontecer, por isso é tão importante ter uma estimativa certeira do quanto irá gastar. Com o orçamento em mãos, você consegue ter uma visão geral dos seus custos e organizá-los dentro da verba que tem disponível.

 

Definindo a verba

O primeiro passo para definir o quanto se pode gastar é traçar um perfil geral do evento. Por exemplo, o casamento vai ser só uma recepção ou vai ter a celebração religiosa também? Vão ser quantos convidados? Vai precisar locar um espaço? Vai ter lembrancinhas? É buffet ou finger foods? Anote tudo aquilo que vai fazer parte da sua comemoração e estime um valor para cada uma das categorias.

Todos estes questionamentos permitem que você tenha uma previsão de quanto será necessário de  verba para realizar o evento. Ter uma quantia total definida é essencial para evitar gastos desnecessários e supérfluos.

 

Como calcular as bebidas e comidas?

orcamento-para-casamento-2

Fundamentais em qualquer festa, a quantidade de bebidas e comidas sempre gera uma confusão em quem está organizando o evento.

A boa notícia é que existem formas simples de se calcular a quantidade de bebidas e comidas necessárias por pessoa. Assim, você tem a quantidade exata para não faltar e nem sobrar demais. Para fazer o cálculo correto, é necessário levar em conta algumas variáveis, como:

 

  1. Tempo de duração da festa

Sempre tenha em mente que em um evento mais longo, os convidados costumam consumir mais bebidas e comidas do que as festas curtas. Afinal, eles passam um período maior no local.

 

  1. Tipo de serviço

Pode não parecer, mas o tipo de serviço influencia bastante na quantidade de consumo. Por exemplo, se tiver um coquetel antes do jantar, as pessoas vão comer e beber menos na hora da refeição principal.

 

  1. Horário da festa

O horário do evento também é uma variável que influencia na quantidade de consumo. Em uma festa que acontece durante o dia, o consumo de bebida alcoólica é menor e o de comida maior. Já em uma celebração à noite, a quantidade de bebida aumenta, em especial a alcoólica.

 

  1. Quantidade de crianças x adultos

Em um evento que conta com mais crianças do que adultos, o consumo de bebidas alcoólicas diminui consideravelmente. Já em relação ao cálculo de comida, se lembre de que duas crianças equivalem a um adulto.

Agora que você já conhece as variáveis da quantidade de bebidas e comidas, vamos apresentar a média de consumo de cada um deles.

 

Cálculo das comidas salgadas:

  • 5 a 8 salgadinhos por pessoa se houver almoço ou jantar após o coquetel;
  • 15 a 18 salgadinhos ou canapés por pessoa se houver apenas coquetel;
  • 150g de massa caso haja algum acompanhamento / 200g caso não haja acompanhamento;
  • 200g de carne branca ou vermelha caso haja acompanhamento;
  • 120g de frutas e vegetais por pessoa.

 

Cálculo das comidas doces:

  • 5 a 6 doces por pessoa;
  • 2 bem-casados por pessoa;
  • 60g de bolo por pessoa caso haja alguma outra sobremesa /100g de bolo por pessoa caso seja a sobremesa principal;
  • 1 bola de sorvete por pessoa, caso vá servir com o bolo.

 

Cálculo das bebidas:

  • Champanhe ou espumante: 1 garrafa para cada 3 convidados (se for a única bebida) / se for apenas para um brinde calcula-se 1 garrafa para cada 6 convidados;
  • Vinho tinto: 1 garrafa para cada 10 convidados;
  • Cerveja: 1,5 latinhas para cada convidado ou 1 garrafa para 4 pessoas (se tiver outra bebida);
  • Whisky: 1 garrafa para cada 10 convidados;
  • Refrigerante: 400ml cada convidado;
  • Água: 1,5 garrafas para cada convidado;
  • Energético: 1 lata para cada 3 convidados.

 

Outros custos em um casamento

orcamento-para-casamento-3

Além das comidas e bebidas, um casamento conta com diversos outros serviços, como floricultura, fotógrafo, DJ ou banda e por aí vai. Para lhe ajudar, separamos uma lista com os principais preparativos para esta festa:

 

  1. Vestido da noiva e terno do noivo

Não existe uma festa de casamento sem os trajes tradicionais dos noivos, não é mesmo? No meio de tantas opções de vestidos e tipos de terno fica até um pouco difícil escolher aquele que é perfeito para a cerimônia.

Para quem tem um orçamento um pouco mais apertado, a opção de alugar o vestido de noiva e o terno do noivo é uma boa solução. Muitos casais também têm optado por encomendar os trajes em sites chineses. Apesar de ser muito mais barato, esta última opção vem com alguns riscos, como: a roupa não chegar a tempo, o tamanho ser inadequado e até o modelo ser completamente diferente daquilo que aparecia nas fotos.

 

  1. Flores

Tanto para a cerimônia religiosa quanto para a festa, as flores são itens essenciais. Para diminuir os custos – e o trabalho para cuidar- você pode optar pelas plantas artificiais.

 

  1. Fotógrafo

Quem não deseja eternizar o momento do casamento para sempre? Apesar de boa parte dos convidados possuir uma celular com câmera de alta resolução, nada é igual ao olhar de um bom fotógrafo. Então, separe uma parte do orçamento para contratar este profissional.

Para cortar custos, você pode combinar a presença dele somente durante a cerimônia e para tirar as tradicionais fotos com os convidados.

 

  1. Decoração

Este é um item em que o gasto depende muito do gosto e projeto dos noivos, mas também é um dos que mais dá para economizar. Como? Fazendo você mesmo boa parte da decoração. Procure na internet por inspirações e coloque a mão na massa.

Você pode decorar as velas para o centro de mesa, pendurar pisca pisca amarelo atrás da mesa de bolo, fazer um coração de flores para a parede e por aí vai.

 

  1. Lembrancinhas

As lembrancinhas são uma forma de mimar os convidados e os agradecer pela presença. Como não são fundamentais, muitos noivos o cortam do orçamento. A boa notícia é que dá para economizar neste item também. Porém, primeiro responda a estas perguntas: quem vai receber as lembrancinhas? Todos os convidados? Só os padrinhos e madrinhas? Só os pais e avós?

Depois de definir a quantidade de lembrancinhas, você pode procurar fornecedores para criar um item exclusivo, como chinelos com o nome dos noivos ou uma caneca de chopp. Ou então, fazer você este mimo e economizar nesta área.

 

  1. Música

Antigamente, só existiam duas opções para a música em um casamento: ou era banda ou um DJ. Hoje em dia, com a tecnologia, você pode economizar neste item montando a sua própria playlist no Spotify, YouTube, Deezer e muitos outros.

 

  1. Convites

Muitos casais ainda prezam por enviar o convite impresso em gráfica para os seus convidados. Porém, se você está procurando por reduzir custos, uma boa opção é criar o seu próprio convite online com modelos já pré-definidos e enviar para os seus familiares e amigos por e-mail ou whatsapp.

 

  1. Local

Alugar o local para o casamento é um dos gastos mais altos da festa. Antes de sair visitando diversos lugares, defina algumas coisas primeiro, como:

  • A recepção e a cerimônia vão ser no mesmo lugar?
  • Quantos convidados?
  • Você vai contratar serviço terceirizado de garçom ou vai contar com o do local?
  • Você vai contratar o buffet por fora ou vai contar com o do local?
  • O horário de funcionamento do lugar bate com o horário da festa?

Depois de definir tudo o que você espera do local contratado, visite mais de três opções e escolha aquela que ofereça um melhor custo-benefício.

Por que fazer o orçamento para festa?

orcamento-para-casamento-4

Como dissemos, os cálculos dos gastos com o evento depende muito do tipo de casamento, festa, o horário, sua duração e por aí vai. É comum no meio da organização de uma comemoração, gastar mais do que aquilo que foi planejado. Por isso, é tão essencial fazer um orçamento. Assim, você consegue manter um controle dos custos e otimizar o dinheiro para aquilo que realmente necessita.

Para não extrapolar nos gastos que determinou e planejar a o casamento com eficiência, aposte em um consórcio de serviço. Com este investimento, você paga parcelas fixas mensais e já sabe exatamente o quanto vai ter de dinheiro disponível. O consórcio de serviços permite planejar desde o local da festa, o buffet, até a decoração e a banda, e permite ainda assistências exclusivas e seguro desemprego com cobertura de 3 meses de parcelas.

Entre em contato para saber mais e ter a festa dos seus sonhos!

Logo A7 Consórcios Azul Escuro
sobre o autor
A7 Consórcios

Comentários