Dúvidas Frequentes

Ficou com alguma dúvida? nós te ajudamos

1 - Como o consorciado é contemplado?

Todo mês acontece a assembleia do consórcio com transmissão ao vivo pela internet em que são selecionadas as cotas de cada grupo para receber o crédito, a chamada “contemplação”. Essa contemplação pode acontecer por sorteio ou lances. O sorteio como o próprio nome já diz é a escolha aleatória dos consorciados, enquanto o lance é a oferta de “adiantamento” das parcelas para aumentar as chances e ser contemplado mais rápido.

2 - O que é assembleia?

Assembleia é o evento que acontece todo mês para a apuração dos contemplados. Com transmissão ao vivo pela internet, é quando acontece o sorteio e oferta dos lances dos consorciados, sendo o momento mais aguardado pelos participantes.

3 - Como funciona o sorteio?

Nas assembleias o consorciado pode ser contemplado de duas formas: sorteio ou lance. No sorteio, como o próprio nome já diz a seleção fica por conta do acaso, tendo todos os consorciados a mesma chance de serem escolhidos. O sorteio é imparcial, e é realizado por meio do globo ou loteria federal. Todos os consorciados que estão em dia com as parcelas e ainda não foram contemplados participam automaticamente do sorteio e, por esta razão, ele é a forma mais comum de contemplação.

4 - O que é lance?

O lance é um “adiantamento” das parcelas, e pode ser usado pelos consorciados como uma forma de aumentar as chances de contemplação. Ou seja, se contemplado, parte das parcelas finais do plano serão quitadas.

5 - O que é contemplação?

A contemplação é a definição dos consorciados que terão direito à carta de crédito. Ela acontece todo mês durante as assembleias.

6 - O que é taxa de administração?

A taxa de administração é o percentual da parcela usado pela administradora para cobrir custos operacionais e cuidar da gestão do consórcio.

7 - É cobrada taxa de adesão?

Não, no consórcio não é cobrada taxa de adesão. Contudo, algumas administradoras podem cobrar antecipação de recursos para cobrir despesas iniciais vinculadas a venda de cotas ou remuneração de representantes. Aqui na A7 Consórcios não trabalhamos com nenhuma administradora que possua este requisito, portanto, não há antecipação de recursos, apenas a cobrança das parcelas.

8 - O que é uma administradora de consórcio?

Administradora é a empresa autorizada pelo Banco Central a administrar grupos de consórcio. É ela que cuidará da organização dos grupos, assembleias, administração do fundo comum e todas as demais questões operacionais necessárias para realização do consórcio.

9 - O consórcio tem juros?

Não. No consórcio não incide a cobrança de juros, o que tem é a taxa de administração, usada pela administradora do consórcio para cobrir custos operacionais.

10 - Posso participar de um grupo de consórcio que já começou?

Sim, você pode participar de um grupo que já tenha iniciado, basta falar com o seu representante para se informar sobre as cotas vagas e negociar sua entrada com a administradora. As parcelas serão ajustadas de acordo com o prazo remanescente.

11 - Se o meu lance não for o mais alto eu perco meu dinheiro?

Não. O “pagamento” do lance só será efetuado se você efetivamente for contemplado. Caso contrário, você mantém o dinheiro guardado para uma próxima tentativa.

12 - Quantas contemplações acontecem por mês?

As opções de lance e o número de contemplações variam conforme a disponibilidade de recursos do grupo. Quanto melhor for o saldo, maior o número de contemplados.

13 - Posso comprar outra coisa com a minha carta de crédito?

Pode desde que dentro da mesma categoria. Por exemplo, no consórcio de imóveis você pode comprar uma casa, apartamento, sala comercial ou terreno. Portanto, se você adquiriu um consórcio de imóvel, quando contemplado, você pode trocar a compra de uma casa por um terreno. O que você não pode é trocar a compra da casa por um carro, por exemplo.

14 - E se o bem que eu quero tiver um preço diferente da minha carta de crédito?

Não tem problema. Se o bem tiver um valor menor que o plano adquirido, você pode usar a “sobra” para quitar parte das parcelas, ou mesmo usar para despesas com o registro do imóvel (no caso de imóveis) ou compra de acessórios (no caso de veículos). Se o valor do bem for maior que o plano contratado, você também pode usar a carta de crédito e completar o restante do valor com fundos próprios.

Entre em contato conosco

Fale conosco





Nosso escritório
R. Jacarezinho, 734 / sl 09 - Mercês, Curitiba - PR, Brasil
Ligue Agora 413029-5727 4199974-3670